Quando falamos em atuação e mercado de trabalho para um locutor profissional, pensamos muito mais em vídeos institucionais, vídeos publicitários, vinhetas, spots para rádio e em URA (atendimento telefônico).

Porém, há uma grande oportunidade na área do entretenimento, onde a procura por locução profissional se faz cada vez mais crescente, que é o mercado de videogames.

Hoje em dia, existem mais de 2,5 bilhões de videogames em todo o mundo, de acordo com um estudo feito pelo The European Mobile Game Market, o que provoca uma alta demanda por locutores neste nicho.

No Brasil, por exemplo, além de locutores para dar voz ao personagens, existe também a necessidade de fazer dublagens, já que muitos dos videogames são importados.

E por mais que existam estúdios especializados nisso, a procura por locutores é cada vez mais crescente.

No entanto, não é um trabalho simples de ser feito, já que os personagens de videogames – como em um filme – precisam convencer seus jogadores, que tem uma expectativa muito alta com relação à interpretação da voz.

Caso seja uma voz que não os convença, se o locutor não conseguir dar vida ao personagem, os jogadores tendem a se desinteressar pelo jogo.

Portanto, é imprescindível ter um locutor/dublador que tenha não só versatilidade na voz, mas que também consiga transmitir diferentes sensações através dela, já que nos games, a trajetória de “vida” de cada um ali é, como sabemos, bastante emocionante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *